sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Bifanas à moda de Vendas Novas

As famosas bifanas de Vendas Novas sempre fizeram as delícias de muitos portugueses. Nada melhor que tentar e tentar aproximar a minha receita ao original. Acho que consegui!



Ingredientes (para 4 pessoas)

8 bifanas de porco ou melhor ainda lombo de porco ás fatias
3 dentes de alho 
Sal e pimenta
1 colher de café mal cheia de pimentão doce
2 folhas de louro
1 cálice de vinho branco
1 colher de sopa de vinagre
Azeite e 1 colher de sopa de margarina

Preparação

  • Corta a bifanas bem finas e bate bem com o martelo dos bifes. Este processo é importante para que o sabor seja uniforme em toda a carne.
  • Coloca as bifanas num recipiente fundo e tempera com sal, pimenta, alho e o pimentão doce. Salpica com o vinho e o vinagre. 
  • Deixa repousar algum tempo para que os temperos penetrem bem na carne.
  • Numa frigideira aquece o azeite e a margarina. 
  • Frita as bifanas
  • Podes servir no prato, ou numa carcaça torrada ainda quentinha
Espero que gostes, não são as de Vendas Novas, mas são de lamber os dedos.

 

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Salsichas frescas enroladas em couve lombarda

Aqui está, um prato que não desilude. Cheio de sabor e de legumes.

Ingredientes  (4 pessoas)

8 salsichas frescas
16 folhas de couve lombarda
3 dentes de alho
1 cebola média
1/2 lata de tomate em pedaços
1 cálice de vinho branco
1 folha de louro
azeite
sal e pimenta

Preparação


  • Separa as folhas da couve e apara os caules mais rijos. Ferve-as 10 minutos em água e sal. Escorre e reserva.
  • Num tacho largo aquece o azeite e faz um refogado com a cebola picada, o alho e o louro.
  • Enrola as salsichas nas folhas de couve.
  • Junta o tomate ao refogado e deixa cozinhar mais um pouco.
  • Coloca as salsichas enroladas na couve no tacho.
  • Rega com o vinho branco e junta água (já quente de preferência).
  • Tempera com sal e pimenta.
  • Quando as couves estiverem tenras, está pronto a servir.
  • Acompanha com arroz branco.


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Ganha espaço na casa de banho

  
Ter espaço é importante, mas existem recursos que permitem ganhar espaço onde julgas que ele não existe.
Estas são algumas soluções para ampliares, sem obras, uma casa de banho pequena.

Respeita as medidas

Tens uma casa de banho pequena? Sabias que podes melhorar o seu aspeto e conforto? Basta aplicares pequenas alterações que libertam e ampliam visualmente o espaço.
O primeiro passo é assegurar as medidas mínimas. Uma casa de banho deve ter uma largura mínima de 1,20m. O bidé e a sanita têm que ter uma zona livre de ambos os lados de 20cm e na frente de cerca de 70cm. O lavatório precisa de um mínimo de 40cm de largura e um espaço de 10cm de cada lado para ser cómodo.
Mais vale um duche espaçoso que uma banheira pequena. Escolhe uma base de duche nivelado com o chão, assim, a casa de banha parece maior.
Se a casa de banho é mesmo mini, troca as portas por portas de correr, algumas até podem encaixar na própria parede.

Visibilidade ampla e sem obstáculos

Seja qual for a distribuição da casa de banho, é importante que assegures um ambiente sereno e clean. Deves deixar o mínimo de objetos á vista: um espaço repleto de móveis e pequenos elementos enchem o espaço e visualmente tornam-se cansativos.
É importante que a luz possa alcançar todo o espaço, sem obstáculos. Utiliza elementos transparentes, uma boa solução é trocares as cortinas do duche por uma proteção de vidro transparente. Assim disfrutarás de uma visão panorâmica de todo o espaço, sem obstáculos visuais, e assim,  ampliarás a casa de banho.


Escolhe móveis baixos

No que diz respeito aos móveis, escolhe brancos ou em tons claros, com pouca profundidade, de design ligeiro e prescinde das frentes muito compactas. Devem limitar-se a uma bancada, sem armários na parte superior, para que não te ocupem as partes mais altas da divisão. Mesmo que ao solo tenhas menos espaço, não perderás a liberdade de movimentos e a perceção da perda  de espaço será muito menor.
Deves escolher  sanitários suspensos que dão uma sensação de espaço menos carregado pelo simples facto de não tocarem no chão. Consegues assim maior facilidade na manutenção e limpeza do espaço.  O lavatório não deve ter pedestal, deve estar apoiado num móvel suspenso. Se não gostas de móveis suspensos, escolhe peças com patas, nunca optes por móveis fechados até ao chão.



Ganha claridade e luz


Sempre que possível, potencia e reforça a luz natural. Mais claridade é o teu objetivo. Usa tons claros, podem não ser necessariamente brancos. Joga com as texturas. Combinar materiais diferentes é uma maneira subtil de criar planos distintos e assim ganhar profundidade. Não te esqueças dos brilhos: espelhos e revestimentos acetinados – na medida certa – ajudarão a potenciar a amplitude. No que respeita á luz artificial, o melhor é optares por uma luz intensa com uma temperatura de cor neutra (4500ºK) chamada ‘’luz dia’’ para definir e marcar o espaço. Escolhe iluminação embutida de angulo amplo (120º) para evitar criar zonas de penumbra. Coloca pelo menos duas lâmpadas para compensar as sombras. Coloca uma luz mais neutra (4000Kº) sobre o espelho para te arranjares com uma iluminação o mais próxima possível da luz natural.

Fonte: El Mueble
Fotos: Pinterest

domingo, 26 de janeiro de 2014

Biscoitos de amêndoa e limão


Para acompanhar um chá, levar no lanche para a escola ou para o trabalho, ou simplesmente ... para roubar uma ás escondidas!

Ingredientes:
375 gr e açúcar
175 gr de manteiga amolecida
1 limão (raspa)
4 ovos
600gr de farinha
1 colher de chá de canela em pó
60 gr de amêndoa moida
Açúcar em pó (facultativo)

Preparação:
Bate muito bem o açúcar com a manteiga.Junta a raspa de limão, os ovos, a canela  a farinha.
Amassa muito bem. Deixa repousar no frigorífico pelo menos 15 minutos. Podes até deixar de um dia para o outro. 
Pré aquece o forno a 180ºC. Num tabuleiro coloca uma folha de papel vegetal untada com manteiga e polvilhada com farinha.
Corta a massa a teu gosto e leva ao forno cerca de 15 minutos.
Retira e polvilha com açúcar em pó.


Frango assado no forno com alho e limão

Saboroso e suculento! Não sobrou nadinha!


Ingredientes:
1 frango
1 cabeça média de alho
3 cubos de caldo knorr (galinha)
1 limão grande
1 colher de café de colorau
1/2 dl de azeite
1 colher de café (mal cheia) de sal

Preparação:
Prepara uma pasta com sumo de meio limão, colorau, os cubos knorr e o sal. 
Barra todo o frango com esta pasta, incluindo o interior.
No interior do frango coloca a cabeça de alhos com casca, corta apenas a parte de cima, e 1/2 limão, também com casca.
Coloca o frango numa assadeira, rega com um fio de azeite e leva ao forno a 175ºC durante 1 hora e meia.

Não precisa que faças mais nada. Apesar de ir sem molho para o forno, irá ficar cheio de líquido à medida que vai cozinhando.
Fica delicioso, suculento e tenro.



sábado, 25 de janeiro de 2014

Bolo de laranja com...laranja :)

Este bolo de laranja tem um sabor a fruta maravilhoso, é fresco e húmido. Uma maravilha com um pequeno truque...em vez de sumo de laranja leva...a laranja!
Um dia feliz!!!
  Ingredientes

2 laranjas médias
5 ovos
2 chávenas de farinha
2 chávenas de açúcar
1 chávena de óleo
1 colher de chá de fermento em pó

Preparação



  • Liga o forno a 180ºC. Unta um forma com manteiga e polvilha com farinha.
  • Descasca as laranjas corta em pedaços e tritura muito bem.
  • Numa tigela bate os ovos com o óleo e o açúcar até obteres um creme.
  • Junta as laranjas trituradas e continua a bater.
  • Junta o fermento à farinha e vai adicionando ao preparado, bate bem.
  • Coloca a massa do bolo na forma e leva ao forno cerca de 45 minutos.
  • Depois de cozido, desenforma ainda morno.
Espero que gostes!

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

15 ideias para mudares a tua casa apenas num fim de semana


Vais ter um fim de semana livre? Queres mudar a tua casa sem grandes obras ou grandes gastos? 
Seguem 15 ideias muito fáceis e com resultados fantásticos. Escolhe as soluções que melhor se adaptam ao teu gosto…e desfruta da tua nova casa!!!

Pinta

A pintura é sempre um bom recurso para alterar o aspeto de uma divisão. Se não queres uma grande alteração que implique também a renovação dos tecidos, opta por uma cor de tinta da mesma gama da que tens atualmente. Para reforçares a alteração recorre a uma técnica de pintura decorativa (aguada, esponjado, etc.) ou atreve-te a pintar uma das paredes numa cor alegre ou mais escura que as restantes paredes. Se pintas de uma cor mais intensa a parede da janela, a cor dessa parede parecerá menos radical, mas diferenciará a divisão e potenciará o exterior.


Papel pintado

Podes destacar uma parede - está na moda - ou todo o quarto. O papel pintado é o recurso perfeito para uma alteração total. É fácil de colocar, existe muita variedade de padrões e alguns são laváveis, também têm a vantagem de esconder os defeitos da parede.



Um rodapé alto de madeira

É muito decorativo e protege a parede. Um rodapé alto é um recurso prático e decorativo para vestir as paredes de qualquer divisão. Se tens crianças, é o recurso perfeito já que as paredes se convertem muitas vezes nos suportes ideais para as suas criações artísticas. Se quiseres, podes fomentar a sua criatividade pintando o rodapé alto de tinta que imita a ardósia. Também podes pintar da cor dos móveis para uma decoração mais integrada, ou então com tinta magnética colorida para poderem afixar os seus melhores desenhos.




Instala molduras no teto

Para além de decorativas, também permitem modificar a perceção que se tem da divisão em causa: equilibram as suas proporções, reforçam o estilo clássico e se o teto é demasiado alto conseguem fazer um efeito de teto mais baixo.



Dá vida nova a um móvel

Não te desfaças de um móvel porque não gostas do acabamento que a sua madeira tem. Podes pintá-lo, decapá-lo ou lacá-lo e assim fica convertido numa peça radicalmente nova. As cores claras são uma aposta segura, o móvel fica mais ‘’leve’’ e integrado na decoração.



Renova as torneiras

É surpreendente como consegues transformar o aspeto da tua casa de banho apenas alterando as torneiras. Podes aproveitar e colocar torneiras que controlam o caudal da água, poupando assim na fartura mensal.


Muda os puxadores

Não subestimes o poder dos pequenos detalhes. Alterar os puxadores é fácil, económico e dá um aspeto novo às portas. Se as pintares, a transformação ficará completa.


Atualiza os armários da cozinha

É fácil fazer uma atualização na cozinha renovando apenas as portas dos armários. Podes substitui-las ou então dar-lhes um novo ar pintando-as ou usando papel pintado, aplicando vinil, usando tecidos (dará um aspeto mais romântico).
Para que a transformação fique completa substitui também os puxadores do armário.
Mais um truque: forra o interior dos armários com papel pintado ou de uma cor suave, dará a sensação que alteraste toda a cozinha.




Renova os sofás
Forra os teus sofás, ficarão como novos. Existem capas já feitas, ou então podes mandar forrar para ficarem com todos os pormenores visíveis. É importante que o tecido seja resistente e de preferência lavável.
Tecidos lisos em tons neutros transmitem serenidade e os estampados, dinamismo. Para que a renovação seja completa escolhe umas almofadas do mesmo tom do sofá, mas com texturas diferentes.


Escolhe um candeeiro marcante

Pretendes que a tua sala de jantar pareça outra sem mudar a mobília? O candeeiro de tecto é o teu melhor aliado. Desde os de design clássico tipo chandelier, os de tecido ou as ultimas novidades de carácter mais escultural. Em todos os casos, o tamanho do candeeiro deve ser proporcional à mesa. Atenção, os candeeiros de cores escuras ocultarão a luz.




Arte em casa

Atreve-te a ser criativa! Se tens uma parede vazia e queres transformá-la num espaço especial, uma composição de quadros ou fotografias é uma boa opção.
A chave está em criar uma uniformização dentro da diversidade para que o resultado final seja harmonioso. A uniformização pode conseguir-se com medidas ou tons parecidos, com molduras do mesmo estilo ou com pass-partou do mesmo tamanho e conteúdos idênticos.
Antes de os pendurar, faz uma simulação no chão para decidires a melhor composição. 
Lembra-te que os quadros mais pequenos devem ficar ais juntos que os grandes, que necessitam de uma distancia maior entre si.





Escolhe umas cortinas com carácter

Altera o padrão, a cor, o tecido ou o sistema para pendurar as cortinas, assim renovas o aspeto da divisão.  Se na decoração da divisão prevalecem os brancos, as cortinas destaca-se pelo padrão ou cor. Se as colocares estampadas, junta alguns elementos à decoração nos tons das cortinas, como almofadas, abatjous, candeeiros…vais ver a diferença!




Reordena a tua estante

Se tens uma estante na sala, vale a pena mantê-la em ordem e decorá-la bem, pois tem um grande impacto na decoração. Ordena os livros por tamanhos, ou se quiseres, pela cor das lombadas. Deixa espaço para juntar pequenos detalhes como velas brancas, que dão um toque de luz, ou pequenos vasos com flores e verde, uma pequena hera fica muito bem. Repete alguns destes detalhes para criares uma certa simetria: dá a sensação de arrumação e ordem, como tal, de serenidade.



Alterações na cozinha

Renova os têxteis, as loiças ou os copos, ajudar-te-á a dar um novo ar à cozinha com um esforço mínimo. Aproveita o espaço entre a bancada e os armários altos para colocares uma barra de pendurar. Assim terás os utensílios de cozinha à mão. Muda as plantas, se optares por ervas aromáticas perfumarão a cozinha de forma natural e servirão de tempero para os teus pratos.


Vais aproveitar alguma destas propostas? 

Fonte: El mueble.com
Fotos: Pinterest

COMO LIMPAR O SOFÁ

   O sofá devido ao uso, facilmente fica com zonas sujas e com mau aspeto, mas podes limpá-lo facilmente sem recorrer a serviços profissio...