domingo, 30 de março de 2014

Cantinho de leitura

Se a tua paixão são os livros, seguem algumas soluções para criares o teu próprio espaço de leitura. Procura um canto luminosos, um assento cómodo e mergulha numa boa história.

Planifica a tua zona para ler
Uma boa iluminação é fundamental para ler sem esforçares a vista. Durante o dia potencia ao máximo a luz natural e coloca um ponto de luz se esta for insuficiente.
A ergonomia também é indispensável. Escolhe uma cadeira ou sofá com encosto acolchoado e que seja um pouco inclinado para trás, assim evitas más posturas e tensão nas costas. Completa o conjunto com um repouso para os pés: os pés mais elevados ajudam a adquirir uma postura mais comoda. Não cruzes as pernas.

Dispor de um local onde possas disfrutar de um bom livro ou revista é uma maravilha. Não necessitas de muito espaço, em apenas 2m2 podes colocar uma boa cadeira, uma mesa de apoio e um candeeiro. Escolhe um espaço tranquilo, longe da televisão e perto de uma fonte de luz natural. Faz com que a decoração reforce a atmosfera de tranquilidade.

Cuida dos detalhes
Tem em conta aspetos como a eleição do candeeiro e respetiva  lâmpada, assim como uma almofada que proporcione um bom apoio lombar e que seja confortável.

Coloca plantas: são decorativas, purificam o ar e o seu tom verde relaxa a vista e proporciona concentração. Combina verdes com flores delicadas como as orquídeas, jasmim ou gardénias.

Em ordem: Um porta revistas, umas prateleiras e uma pequena mesa para colocares os teus livros, tem à mão apenas o que estás a ler e verás que tudo se manterá em ordem.
A iluminação: Escolhe um candeeiro de pé alto com braço articulado, para conseguires ler sem dificuldades e sem reflexos.
As almofadas: Permitem que adotes  uma postura mais confortável. Se lês sentada escolhe um modelo retangular para apoio da zona lombar. Se lês deitada, coloca almofadas na zona cervical e debaixo dos joelhos.

Benefícios
A leitura é um grande estimulo.

Para a memória: Ler 20 minutos por dia estimula a atividade cerebral e fortalece as ligações neurológicas. Exercitas a memória e melhoras a capacidade intelectual.
Para te sentires melhor: Ler aumenta o fluxo sanguíneo no cérebro e nas áreas relacionadas com o prazer.
Anti stress: Os livros, em especial os de ficção, baixam o stress e minimizam as doenças como as enxaquecas e os transtornos do sono. Ler um pouco antes de dormir é muito saudável.
Mais empatia: Ler ajuda a melhorar as capacidades de relacionamento social e a empatia, pois lendo mergulhas na história e experiências dos personagens.

Fonte: El Mueble
Fotos: Pinterest

  

Bolachas de laranja e amêndoa


Ingredientes:
Para 30 biscoitos
  • 100 gr de açúcar
  • 140 gr de manteiga
  • Raspa de 2 laranjas
  • 3 gemas 
  • 60 g de amêndoas trituradas
  • 300 g de farinha
Preparação:
Mistura a farinha com a manteiga amolecida, esfarelando entre as mãos até ganhar uma consistência granulosa.
Acrescenta o açúcar, as amêndoas moídas, as gemas e a raspa de laranja. Amasse até obteres uma massa homogénea. Envolve em película transparente e coloca no frigorífico durante 30 minutos.

Faz as bolachinhas e colaca-as alinhadas num tabuleiro fprrado com papel vegetal previamente untado com margarina e polvilhado com farinha.

Leva ao forno pré aquecido a 180ºC cerca de 15 minutos.


domingo, 23 de março de 2014

Roupeiro: Guardar a roupa de inverno

O bom tempo está a chegar, está na hora de ir buscar roupas mais frescas e começar a guardar a roupa dos dias mais frios.
Desde casacos a edredons, a roupa de inverno ocupa muito espaço e deves guarda-la bem protegida. Seguem algumas soluções para teres tudo bem organizado.

Um armário para casacos
Se não tens espaço suficiente no teu roupeiro para casacos e vestidos compridos, podes guarda-los num armário livre colocado num canto. Tem em atenção que vais precisar de uma altura mínima de 1,50m. Usa cabides de madeira – é roupa pesada - e guarda-as sempre limpas. Usa um cabide por cada casaco e coloca-os dentro de uma bolsa de tecido, assim ficará protegido.

Roupa de cama
Lava-a e dobra-a bem, para que te ocupe pouco espaço. Quando a guardares coloca os lençóis dentro da fronha. Coloca os conjuntos dentro de bolsas de linho ou algodão.


Cobertores e mantas em bolsas
Se não têm manchas, basta que as arejes e passes com um aspirador antes de as guardar. Se precisares de as lavar tem atenção a sua composição e tamanho, para saber se podes lava-las na máquina em casa, ou se tens que ir à lavandaria. Dobra-as, de forma a que não fiquem muito volumosas, envolve-as com um tecido de algodão. Junta-lhes um saquito perfumado. Como ocupam muito espaço guarda-as na parte de cima do roupeiro, ou se tiveres dentro da cama somier.



Um armário para cada estação
Se tiveres vários módulos de armário, o ideal é que destines um à roupa de verão e outro à de inverno. Quando planificares o seu interior, tem em atenção que a roupa de inverno é bastante mais volumosa e necessita de maior distancia entre as prateleiras e para as barras. Se tens muitas calças e saias pendura-os, ocuparão menos espaço. Para evitar que as camisolas e camisas se deformem deves guarda-las dobradas. Não dobres em demasia as lãs pois ficam mais volumosas e ocuparão mais espaço e não as guardes muito apertadas, pois podem estragar as fibras.

Colchas e edredons
 As edredons normalmente são vendidos já dobrados dentro de bolsas de pano ou plástico. Para os guardares  dobra-os cuidadosamente reduzindo ao máximo o ar que se encontra no seu interior, assim ocupam menos espaço. Outra opção é guardá-los em vácuo, há bolsas especiais que permitem a adaptação ao tudo do aspirador. Coloca-se o edredon dentro da bolsa, retira-se o ar com o aspirador e tapa-se. Desta forma os edredons reduzem o seu volume para menos de metade. Assim, protege-los do pós e humidade.


Gavetas com separadores
Se tens muitos echarpes e lenços, destina-lhes uma gaveta da tua cómoda. Podes usar uma caixa compartimentada sem tampa para que estejam à vista e enrolados. Quando não os usas, tapa a caixa para os protegeres do pó. Cada echarpe necessita de um espaço de mais ou menos 10x10 cm.



Tapetes e cortinas
Antes de guardares um tapete ou carpete esta deve estar perfeitamente limpa. Para além de a aspirares, leva-a a uma lavandaria para ser limpa. Quando a guardares enrola-a envolvida em papel de seda e coloca-lhe um produto anti traça. Guarda-a na horizontal para que o seu próprio peso não a deforme. No caso das cortinas guarda-as o mais lisas possível e não muito dobradas: assim enrugam-se menos. Envolve-as num pano de algodão.

Calçado bem organizado
Se puderes, destina um móvel independente ao calçado: evitarás maus cheiros no roupeiro. Uma estante com 40cm de profundidade chega para as caixas, que devem medir cerca de 35cm de largura. Guarda os pares de sapatos em caixas, é mais organizado e higiénico. Se queres um resultados mais estético, usa-as todas iguais e cola na parte da frente uma foto ou um desenho dos sapatos que contêm. Antes de gardares os sapatos de inverno, limpa os restos de sujidade das solas  e aplica-lhes um produto protetor para que se conservem melhor. Guarda-os com uma forma ou com papel de jornal no interior.



Sacos de tecido para o mais delicado
Umas bolsinhas de linho ou algodão ajudam a guardar o mais delicado, como colans ou lingerie. Para saberes onde está cada uma, organiza-as por cores (claras, escuras, etc.) e identifica-as. Pode ser com uma etiqueta ou com letras bordadas.


Roupa de desporto
Equipamentos de sky, montanhismo, etc, o melhor é que guardes tudo junto (pode ser num armário menos acessível). Limpa as botas com água e sabão e seca-as ao ar. Encera as pranchas de sky e guarda-as nas suas respetivas bolsas. Lava os casacos antes de os guardares, seguindo as instruções da sua etiqueta.

Separa os acessórios
Cachecóis, luvas, gorros, meias grossas…O melhor é guardares tudo por tipo de acessório. Coloca-os em caixas com etiquetas. Se o armário onde as guardas é aberto é mais bonito se as caixas forem iguais e não sejam transparentes. Assim ganhas a sensação de ordem.


Caixas para o mais pequeno
As caixas redondas são decorativas e ideais para guardar acessórios pequenos, como lenços ou cintos. Escolhe-as em função do que vais guardar para não desperdiçares espaço.

E tu? Já fizeste a alteração no teu armário?




Costeletas de borrego com grelos e batata assada com molho de iogurte



Ingredientes
(para 4 pessoas)

1kg de costeletas de borrego
1 molho de grelos
1 folha de louro
4 batatas grandes e uniformes
2 iogurtes naturais
1 cálice de vinho do porto
1 colher de chá de oregãos
Pimenta qb
Sumo de limão

Preparação

Costeletas
Tempera as costeletas com sal, vinho do porto, 4 folhas de louro e 4 dentes de alho grandes.
Frita-as em pouco azeite.

Grelos
Escalda os grelos em água a ferver com sal.
Numa frigideira deita o azeite, deixa aquecer e junta três dentes de alho bem picadinhos e uma folha de louro. Por fim junta os grelos bem escorridos e envolve bem. Verifica o sal e já está.

Batatas
Lava bem as batatas e esfrega um pouco para retirar todas as impurezas. Coze-as com casca, em água temperada com sal. Verifica se estão cozidas espetando um palito. Quando estiverem cozidas coloca num tabuleiro forrado com papel de alumínio. Rega com um pouco de azeite. Leva-as ao forno bem quente 15 a 20 minutos. Assim que tiverem a casca estaladiça retira do forno.

Molho de iogurte
Numa taça mistura bem os iogurtes com um pouco de sal de mesa, pimenta a gosto, oregãos e sumo de limão. Já está. É excelente para acompanhar a batata.

domingo, 16 de março de 2014

Broas de azeite e mel

Que perfume na minha cozinha...

Ingredientes
1 dl de água
120gr de açúcar amarelo
80gr de mel
7 colheres de sopa de azeite
300gr de farinha de trigo tipo 55
1 colher de sobremesa de fermento em pó
2 colheres de sobremesa de erva doce em grão
1 colher de sopa de canela em pó
1 ovo (para pincelar)





Preparação
Pré aquece o forno a 180ºC.
Num tacho junta o mel, a água, o azeite e o açúcar, mexe até derreter o açúcar e leva ao lume até ferver.
Numa tigela, mistura a farinha com o fermento, a erva doce e a canela. Ao centro faz uma cavidade e deita nela o preparado fervido, mas ligeiramente arrefecido, mexendo sempre com uma colher de pau para ligar todos os ingredientes.
Molda a massa em pequenas broas e coloca-as num tabuleiro forrado com papel vegetal. Pincela-as com o ovo batido e leva ao forno cerca de 20 minutos.
Depois de frias guarda em caixas ou frascos.


domingo, 9 de março de 2014

Perca no forno com molho de coentros

Os coentros cheiram a Alentejo, adoro este molho sobre o peixe e as batatas assadas!

 

Ingredientes
4 postas de perca do Nilo
1 cebola grande
4 dentes de alho grandes
1 dl de vinho branco
sal e pimenta qb
1kg de batatas médias do mesmo tamanho
1 ramnho de coentros
Azeite

Preparação
Põe a cozer numa panela com água e sal as batatas com casca. Assim que estiverem cozidas coloca-as num tabuleiro, rega-as com um fio de azeite, envolve-as bem e tempera com uns grãos de sal grosso. Leva ao forno ao mesmo tempo que o peixe.
O peixe: coloca no fundo da assadeira a cebola cortada ás rodelas e parte do alho. Dispõe as postas de perca já com sal, tempera com pimenta e o resto do alho. Rega com o vinho branco e com o azeite.
Leva ao forno cerca de 30 minutos a 180ºC.

Prepara o molho de coentros: 
Dentro do copo da varinha mágica coloca os coentros e cerca de 3 colheres de sopa de um bom azeite. Tritura.

Quando servires o peixe, rega-o com este molho.

Bom apetite!





quarta-feira, 5 de março de 2014

Pato com laranja e arroz de miúdos

Pela primeira vez fiz pato, andava cheia de vontade e decidi começar por um belo pato com laranja.



Ingredientes
1 pato  (2kg)
2 laranjas em sumo
1 limão em sumo
125 ml de vinho branco
1 ramo de alecrim
sal e pimenta preta
4 dentes de alho grandes
3 folhas de louro
200 ml de caldo de galinha (juntei meio cubo knorr de galinha com 200 ml de água a ferver)
40 gr de margarina

Preparação
Esmaga os alhos com o sal e  pimenta e envolve todo o pato com a mistura.
Coloca o pato na assadeira juntamente com o sumo de limão, o sumo das laranjas, o caldo de galinha, o louro e o alecrim.
Por cima do pato coloca a margarina.

Para o arroz:
Leva ao lume os miúdos do pato com 1lt de caldo de galinha (1/2 cubo knorr dissolvido em água a ferver). Junta-lhes uma cebola com 5 ou 6 cravinhos espetados e uma folha de louro. Tempera com sal e pimenta e deixa cozer cerca de 30 minutos até os miúdos estarem tenros.

Depois dos miúdos estarem cozidos, retira-os para um prato e corta-os em pedacinhos, volta a colocá-los na água. Retira também a folha de louro e a cebola com o cravinhos.

Acrescenta água ao caldo que sobrou, deixa ferver. Junta o arroz. Mexe e deixa cozer.
Quando estiver cozido verte para um tabuleiro para levar ao forno. Por cima coloca algumas rodelas de chouriço e uns pedacinhos de bacon.

Leva ao forno cerca de 10 minutos a 250ºC até ficar tostado.

Retira o arroz e serve com o pato. Coloca no prato umas rodelas de laranja.

Bom apetite!





terça-feira, 4 de março de 2014

Truques para comer de tudo e emagrecer


Mesmo que te digam que existem alimentos proibidos, uma dieta sã passa por comer de tudo, cinco vezes por dia, sem te privares do que mais gostas mas sempre com moderação.

Tens pressa em perder peso, impões dietas restritivas, eliminas alimentos, saltas refeições… para que um plano de dieta funcione tens que comer BEM. Tudo é bom, até os alimentos proibidos (massa, pão, queijo…), se os comeres com moderação. O segredo está em adaptar os teus gostos à tua dieta e seguir os truques que indico para comeres de tudo…mas com moderação.


3+2=5 refeições por dia
Faz três refeições principais (pequeno almoço, almoço e jantar) e dois lanches. Assim, não comes demais, pois por muito que pareça, não terás tanta fome em cada refeição. Os lanches são fundamentais, duas bolachas (Maria ou de água e sal) e um iogurte magro, ou um sumo natural são boas opções. Desta forma, quando chegares à refeição principal não terás um apetite voraz.

Massa sim, mas pouco
Em dieta pões a massa de parte? Não o faças, mas esquece os molhos de queijo e natas (como a carbonara). Podes colocar tomate, manjericão uma colher de queijo ralado… e manter tudo muito natural.

Chocolate
Se te custa privar-te do chocolate, continua a comer, mas… não mais de 20gr por dia, tem que ser chocolate negro (70% de cacau) e de manhã quando o teu metabolismo fica mais ativo.

Jantar
Jantar tarde e muito levar-te-á a um ganho substancial de peso, mas saltar esta refeição também te impedirá de descansar bem. Faz uma refeição ligeira mas completa, com sopa e prato.

Legumes – que não faltem
No prato, os legumes devem ocupar metade da área disponível. Devem fazer parte de todas as refeições, quer sejam cozinhados ou em saladas. Assim reduzes a quantidade de hidratos de carbono.

Posso jantar pizza?
As pizzas pré cozinhadas têm muito mais calorias que as caseiras. Se te apetece pizza fá-la tu mesma, com vegetais e carne, coloca apenas metade do queijo e usa magro.

Não acabes com o açúcar
Podes consumir até duas colheres de chá por dia, se gostas muito de doce, podes substituir o açúcar por canela, que até te ajuda a queimar calorias.

Gelado ou granizado?
Sempre que puderes opta por granizado. Se não consegues resistir a um gelado, é melhor que seja de gelo ou de iogurte e sempre apenas 1 dose(bola). Os mais cremosos e calóricos reserva-os apenas para dias especiais.

Um punhado de amendoins
Se te apetece algo, uma boa ideia é optares por uns quantos amendoins (sem sal). Têm uma grande quantidade de vitamina E. Se preferes outros frutos secos consome apenas os que não são fritos, com adição de sal ou açúcar.

Uma bolacha, um minuto
Quando te apetecer comer bolachas e já não consegues resistir mais à tentação, vai buscar um relógio primeiro. Começa por disfrutar do seu aroma, come apenas em pedaços pequenos mastigando devagarinho. Nunca demores menos de um minuto a comê-la.

Molho à parte
Qualquer molho por mais inocente que pareça faz aumentar as calorias de um prato de forma considerável. Se te servem com o molho já misturado, nunca chegas a perceber a quantidade exata que vais ingerir. Sempre que possas opta por vinagrete ou molhos ligeiros e pede sempre para que o sirvam à parte.

Adere ao chá verde
Habitua-te a consumir chá verde ao longo do dia. Alguns dos seus componentes fazem com que o corpo segregue mais noradrenalina, uma hormona que ativa o metabolismo, aumenta a temperatura corporal e acelera a combustão de gorduras.

Bolos
Em vez de comprares, faz tu mesma os bolos, desta forma consegues reduzir em mais de 100 calorias por dose. Tenho várias receitas disponíveis neste blog.

Bebidas que hidratam e cuidam
Nunca te esqueças de te manter hidratada.
ÁGUA. Bebe no mínimo 5 copos de água por dia. Beber água não faz emagrecer, mas tem influencia na manutenção do peso. Beber água em abundancia é uma forma eficaz de depurar o corpo mantendo-o hidratado.
SUMO NATURAL. Proporciona um lanche ligeiro e muito saciante. De vez em quando prepara um sumo de tomate caseiro. Tritura dois tomates maduros, junta um caule de aipo, sal e pimenta a gosto. Junta uns cubos de gelo e tritura, ou deixa inteiros, como preferires.
CHÁS E INFUSÕES. Há infusões que depuram e adelgaçam, como por exemplo o chá de dente de leão que tem um efeito diurético e ajuda a eliminar toxinas. 


segunda-feira, 3 de março de 2014

Lista de compras – Menu semanal

  
Todos os sábados planeio o menu para toda a semana que se segue. Gasto 10 minutos que me permitem ganhar muito tempo durante toda a semana.


Vantagens
  • Deixei de fazer a pergunta, o que é que vou fazer para o jantar?
  • As refeições passaram a ser mais variadas
  • Poupo dinheiro pois faço a lista de compras do que me faz realmente falta em vez da lista do que posso vir a precisar.


Como fazer passo a passo

  • Começa por planear todas as refeições que fazes em casa. Diversifica ao máximo a alimentação. Alterna carne com peixe, inclui sopa e planeia também os acompanhamentos de preferência com legumes.
  • Depois de planeares as refeições faz a lista de tudo o que tens que comprar para as preparar.
  • Vai à despensa e ao congelador e vê se tens o que precisas. Se te faltar algum ingrediente ou se os que tens estão a acabar, acrescenta à lista de compras.
  • Acrescenta depois à tua lista a fruta, os legumes, iogurtes, queijo, fiambre, bebidas, pão e outros alimentos.
  • Não incluas na lista produtos desnecessários e que não são benéficos para a saúde, como batatas fritas, refrigerantes, bolos, bolachas…são dinheiro mal gasto e fazem mal à saúde.



Vai ás compras

  • Compara os preços dos supermercados da tua zona, decerto que encontrarás os melhores produtos aos melhores preços. Se não conheces, vale a pena perderes uma manhã ou uma tarde para comparares as ofertas e preços.
  • Não te esqueças de experimentar as marcas próprias do supermercado.  Têm uma excelente relação qualidade preço. Se não gostares não voltas a comprar. Se gostares podes poupar bastante dinheiro.


 Fotos; Pinterest


sábado, 1 de março de 2014

Açorda com ovos escalfados - para acompanhar peixe cozido

Quando faço pescada cozida, se tiver pão acompanho com uma açorda. O pão deve ser: bolinhas de mistura com pouco fermento - compradas na padaria.



Ingredientes
(4 pessoas)
6 bolinhas de mistura
4 dentes de alho
1 ramo de coentros
azeite qb
Sal
água de cozer o peixe
4 ovos

Preparação
Coze a pescada em bastante água com sal, para que tenhas água suficiente para a açorda.
Numa saladeira junta os coentros, o sal, o azeite e os dentes de alho. Mistura moendo os ingredientes.
Junta a água bem quente de cozer o peixe e coloca o pão em pedaços.

Faz 4 ovos escalfados coloca-os por cima da açorda.

Preparação dos ovos escalfados
Numa panela pequena coloca água com sal e um pouco de vinagre e deixa ferver.
Deita um ovo de cada vez nessa água. Deixa estar uns minutos até que a clara esteja cozinhada retira com uma colher e coloca-os por cima da açorda.



COMO LIMPAR O SOFÁ

   O sofá devido ao uso, facilmente fica com zonas sujas e com mau aspeto, mas podes limpá-lo facilmente sem recorrer a serviços profissio...