domingo, 29 de setembro de 2013

Cozido à portuguesa (versão simples)

 
O Outono já começou, o tempo arrefeceu e chove lá fora. Depois de um verão a churrasco e saladas, chegou a hora de ir para o fogão. Hoje fiz cozido à portuguesa, mas de uma forma simples. Dispenso o feijão e o arroz. Este foi para 7 pessoas.

Cozido à Portuguesa simples

Ingredientes:
7 batatas médias
7 cenouras
3 nabos médios
2 repolhos

1 chispe
Carne de vaca
Entremeada
½ frango
1 orelha de porco

1 chouriço
2 farinheiras
1 morcela

Preparação:
Numa travessa temperar as carnes com sal. (sem os enchidos e a carne de vaca).
Na panela de pressão: colocar os legumes com a carne de vaca e deixar ferver 20min
Os enchido cozem rápido, 5 minutos  a ferver e já está. Coloco-os numa panela apenas para eles.
Noutra panela coze as restantes carnes, mais ou menos 40  a 50 min.

Juntar a família à mesa, uma garrafa de vinho tinto, e já está…garantia de uma tarde animada.

7 dicas para criar crianças arrumadas


Decerto que a maioria dos pais concorda comigo, uma das grandes batalhas é que as crianças e adolescentes arrumem os seus quartos. É importante incutir hábitos de limpeza nos teus filhos, enquanto são pequenos, e aplicá-los continuamente à medida que vão crescendo.

Aqui estão 7 dicas para criar crianças limpas e arrumadas.


1-      Definir tarefas
Em vez de apenas dizeres aos teus filhos para limpar o quarto, define claramente as tarefas que devem fazer. Se fores clara e objetiva o sucesso está garantido.

2-      Desenvolve o sentido da responsabilidade
Depois da definição clara das tarefas deves dar um sentido visual ao que pedes. Uma maneira de fazeres isso é colocares um quadro na porta do quarto dos teus filhos, com colunas para cada tarefa de limpeza. Quando cada tarefa estiver concluída será colocado uma marcação na respetiva coluna. Ajuda se adicionares um incentivo, por exemplo, por cada 15 marcações uma atividade divertida (ida ao zoo, à piscina, aulas de música, etc…). Evita o uso de doces ou brinquedos como incentivo utiliza antes experiencias que a criança vai sempre lembrar como uma aventura, e assim aproveitas e passas tempo de qualidade com os teus filhos.

3-      Deixa as crianças decorar
Deixar os filhos sentirem-se orgulhosos e dar-lhes destaque nas decisões é uma maneira fácil de os ajudares a assumir responsabilidade. Podes fazê-lo de uma forma simples, deixando os teus filhos decorar o quarto. Uma nova capa de edredom ao gosto deles, um quadro que achem muito especial, reorganizando os móveis…todo o processo pode ser uma experiencia muito agradável para fazer em conjunto.

4-      Tornar divertido
Quem disse que limpar tem que ser aborrecido? Torna a tarefa de limpar o quarto emocionante para os teus filhos. Se a tua filha gosta de dançar e cantar, - põe uma música alegre e faz a festa da dança e da limpeza. O teu filho adora animais, -  inventa um jogo: o quarto é o jardim zoológico e os bichos fugiram. Colocar as roupas, brinquedos e livros no lugar é o mesmo que devolver os animais às suas casotas.

5-      Reduzir e doar
Objetos a mais complicam a limpeza e desanimam as crianças. Isso pode causar problemas, ficam frustrados e pode ser fonte de conflito e desanimo. Faz um esforço e trimestral, ou semestralmente reduz o eu provoca a desordem. Assim, tornas a tarefa de limpar menos dolorosa. Livra-te de todos os brinquedos, livros e roupas que a criança já não usa. Se não usou nos últimos 6 meses é porque não faz falta. Doa a uma instituição ou família que necessite, e assim o teu filho também aprende o que é a partilha e a caridade.

6-      Estabelecer a regra: um entra, um sai
Previne a acumulação de lixo, estabelecendo a regra um entra, um sai: Para cada novo brinquedo ou peça de roupa que comprares, deves livrar-te de outro que. Este pode ser um bom ensinamento sobre consumo para os teus filhos, assim vão pensar duas vezes quando pedirem para comprar um novo brinquedo, já que vão ter que se livrar de um que já tenham.

7-      Dá o exemplo
Lembra-te, as crianças olham para ti como um modelo a seguir. Seguem também os teus maus hábitos, apesar de muitas vezes nem imaginares que os tens. Assegura-te que as tuas pequenas ‘’esponjas de conhecimento’’ aprendem o que fazes de melhor, para tal também tens que manter a casa limpa e arrumada.

Fonte Houzz.com
Fotos: Pinterest

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

10 ideias inteligentes que tornam a tua vida mais fácil


Para ganhares tempo e poupares algumas dores de cabeça, volta a pensar onde e como é que arrumas o que é mais básico, desde contas até aos utensílios de cozinha.

Vai um pouco mais além, fazendo pequenas alterações em casa que te ajudarão a cada dia. Quando otimizas a  tua casa, tudo passa a ser mais eficiente. As tarefas e atividades mais comuns, como as contas, as lembranças, os presentes, as limpezas e outras, tornam-se mais leves.

Aqui deixo 10 ideias inteligentes e engenhosas para pores em prática

1.      Compra recipientes de armazenamento e arrumação suficientes para as tuas prateleiras e armários.
Tendo caixas de arrumação evitarás a desordem. Estas são particularmente uteis para guardares tudo o que já sabes que se vai acumulando: fotos, desenhos das crianças, documentos dos bancos, são exemplos do que estou a falar.
Se tens filhos, não descures a compra de caixas com rodas que possam ser colocadas debaixo das suas camas.


2.      Medicamentos em caixas na despensa
O armário dos medicamentos na casa de banho muitas vezes torna-se no pior local para os ter. É um local quente e húmido, o que pode danificar e alterar os componentes mais sensíveis. Os frascos, tubos e caixas de comprimidos tendem a ‘’bagunçar’’.
Transfere os teus medicamentos e material de primeiros socorros para caixas com tampas, para uma prateleira alta na despensa. Classifica-os de uma forma que faça sentido e etiqueta em conformidade. Por exemplo: primeiros socorros, Crianças, Gripes e constipações, etc.


3.      Prepara-te para aniversários ou eventos de última hora.
Mantém o calendário anual de aniversários colado no interior da porta de um armário. Tem sempre papel de embrulho, cartões e fita original, assim com tempo podes personalizar o presente.
Aproveita os saldos e promoções para comprar presentes para a familiares e amigos, assim não terás que fazer compras de ultima hora.



4.      Cria uma estação móvel de utensílios de cozinha
A não ser que faças bolos constantemente, ou que tenhas uma cozinha bem grande, é provável que pretendas um local onde possas guardar todos os utensílios dedicados a bolos e biscoitos. Em vez de os teres espalhados por vários locais da cozinha, coloca tudo (incluindo a batedeira) num carrinho móvel na despensa. Assim, sempre que te apetecer fazer um bolo, basta ir buscar o carrinho, e…já está, tudo o que precisas num só sitio.

5.      Sacos perto do lixo
Coloca sempre sacos guardados onde tiveres caixotes do lixo, seja na cozinha, ou nas casas de banho. Assim, sempre que precisares de trocar o saco, não precisas de ir a outro local procurá-los.

6.      Cesto de ‘’doações’’
Tem sempre um cesto onde vais colocando o que tens e já não queres. Assim quando estiver cheio, colocas em sacos, carregas o carro e entregas em alguma instituição.


7.      Tem tudo o que precisas para pagar as contas na mesa junto do sofá
Compra uma caixa ou cesta bem bonita. Deve ter tampa. Nela colocas cheques, envelopes, selos, canetas e contas. Assim sempre que te sentares para assistir ao teu programa favorito na TV, basta pegares no cesto durante os intervalos.

8.      Detergentes na casa de banho
É muito mais fácil manter a casa de banho limpa se mantiveres os detergentes e panos sempre à mão. Então, porque é que teimamos em manter tudo apenas na cozinha?! Podes colocar um segundo conjunto de produtos para limpeza na casa de banho no armário, ou numa cesta com tampa, numa prateleira ou no chão (discreto, decorativo e útil).

9.      Separa a correspondência assim que chega
Em vez de colocares toda a correspondência num só sítio, separa tudo. Revistas e catálogos, para um arquivo dedicado aos mesmos. Contas para pagar, para o cesto (ver dica nº7), correspondência pessoal para um tabuleiro bonito, convites, para um placar com calendário. Assim, tudo fica mais fácil de tratar.

10.  Usa fotos como rótulos
Tira uma foto do conteúdo de uma caixa antes de a guardares, e usa-la para servir de rotulo no seu exterior. Uma olhadela rápida na fotografia e instantaneamente saberás o que está lá dentro.

Fonte: Houzz.com
Fotos:Houzz.com

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Lanches variados – na escola com energia

Tenho dois filhos em idade escolar, preciso de enviar lanches, e por vezes dou por mim sem ideias…consequência, os lanches repetem-se dia após dia.

Para que os lanches sejam uma tarefa fácil para mim, e uma dose extra de energia variada para as crianças, criei uma lista para toda a semana.
Assim, poupo tempo de manhã ao preparar os lanches e quando vou às compras sei exatamente o que comprar.

segunda-feira

1 néctar de frutos
1 sandes de fiambre
1 caixinha com uvas

terça-feira

1 leite
1 sandes de queijo
1 banana

quarta-feira

1 iogurte
1 sandes de compota caseira
1 maçã

quinta-feira

1 sumo de fruta
1 sandes de mortadela
1 caixinha com melão aos pedaços

sexta-feira

1 leite
1 fatia de bolo caseiro
1 pera


segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Regresso às aulas – 12 dicas para uma abordagem mais suave

   

Novos horários, roupa nova, livros, cadernos…estas dicas vão ajudar-te a abraçar este novo ano escolar.

Já começámos a preparar o regresso às aulas, cerca de uma semana antes do primeiro dia de escola. Cada ano traz novos desafios, com mudanças de horários e ajustes na rotina familiar. A despreocupação do verão significa que precisamos de um tempo para nos adaptarmos à nova realidade.

Eu tento organizar-me para o primeiro dia de aulas, depois de alguns anos de prática, acho que posso adiantar umas dicas para que tudo corra pelo melhor.
Se os teus filhos estão a começar um novo ano letivo, liga os motores e vamos a isto.

1.      Limpeza aos roupeiros.
Se tens filhos em idade escolar, é certo que cresceram: vai ao roupeiro e gavetas e retira tudo o que já não serve. Guarda se tens filhos mais novos, ou então doa.

2.      Organiza os sapatos
Gosto de ter os sapatos junto da entrada da casa, num armário destinados a sapatos para toda a família, assim evitas o ‘’onde está o outro sapato?’’. Desta forma também incutes o habito de tirar os sapatos à entrada, o que te poupa trabalho e o próprio chão.

3.      Prepara a entrada
Não deixes os miúdos largarem tudo em qualquer lugar. Organiza um local especial para poderem colocar sempre no mesmo lugar tudo o que precisam. Vai demorar algum tempo, mas vai valer a pena.

4.      Organiza as roupas
Este habito pode levar algum tempo a desenvolver, mas os resultados são positivos. Escolhe e separa as roupas e tudo o que vais precisar na noite anterior, assim evitas andar à procura do cinto ou da t-shirt que queres no ultimo minuto.

5.      Afixa o horário
No início do ano letivo é muito provável que haja alteração de horários. Afixar o novo horário num local perto da porta ajuda as crianças e os pais a ajustar-se melhor à nova rotina semanal. Inclui no horário não só as aulas, mas também todas as atividades extra curriculares.

6.      Despensa cheia
Uma despensa bem recheada é uma maravilha. Muitas pessoas continuam a correr para o supermercado nos fins de semana. Mas se tiveres na despensa alguns produtos em quantidade poupas muito tempo. Cereais, manteiga, água, sumos, sacos para o lanche são apenas alguns exemplos.

7.      Arruma e limpa a garagem
Uma garagem organizada ajuda a que tudo se mantenha sobre rodas. Os equipamentos desportivos, capas para a chuva, chapéus de chuva…tudo à mão para poder sair.

8.      Carro atestado
Esta também costumo falhar, mas tenta evitar as filas do abastecimento logo de manhã. As filas são mais longas e o teu tempo é mais curto.

9.      Recados separados
Assim que a escola começa, os recados também. Cria um local para os recados da escola, pode ser um cesto ou um quadro para afixar, assim sabes sempre o que te pedem. Coloca perto  envelopes e caneta para uma resposta rápida.

10.  Organiza os livros
Tal como as roupas, os livros também deixam de servir. A boa notícia é que os livros podem ser facilmente doados ou cedidos. Mantém os que tiverem valor sentimental, mas livra-te dos que já não servem.

11.  Ensina as crianças a pendurar as suas coisas
Esta lição é valiosa para as crianças e tem um grande impacto no teu dia a dia. Um quarto desorganizado, torna-se confuso e perturbador para a própria criança. Ajuda as crianças a pendurar os seus casacos e mochila no lugar.

12.  Kit de primeiros socorros
Faz um kit de primeiros socorros. Muitas vezes as crianças voltam para casa com alguns ‘’dói dóis’’, faz uma caixa com pensos, compressas, spray antissético… vai valer a pena.


Fonte: Houzz

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Planeia bem as tuas despesas




Planeia o teu orçamento familiar. Com um plano simples, gastarás menos e chegarás mais relaxada ao final do mês.

As quatro regras do «NÃO»

NÃO aos cartões. Para controlar os teus gastos, paga em dinheiro. Os cartões de crédito podem distorcer a perceção do que gastas. Se os usas, anota tudo o que pagaste a crédito nesse mês.

NÃO aos pagamentos diferidos. Retoma os costumes dos nossos avós que só compravam quando tinham dinheiro para o fazer. Pagar a crédito implica juros.

NÃO à improvisação. A pressa é má conselheira. Tem cuidado com as compras compulsivas, aumentam os teus gastos até 30%.

NÃO  aos gastos desnecessários. Livra-te dos ‘’ativos tóxicos’’, esse carro parado ou algo que pagas no final de cada mês, mas nem usas.


Uma questão de te organizares

Se estás sobrecarregada por despesas inesperadas ou se não sabes para onde se vai o teu dinheiro, chegou a hora de te organizares. Age como se a tua economia doméstica fosse uma empresa: tens que fazer um plano de ganhos e gastos e controlar os desvios.

Sabe com o que contas

O primeiro passo é ter uma visão real da tua situação. Analisa os teus ganhos mensais e organiza-os numa tabela, faz o mesmo com as dívidas. Deves ser sincera: falsear os dados não te ajudará a controlar melhor.

Desenha o teu próprio plano

Guarda os talões do banco. Arquiva as faturas, guarda os tickets das compras… Estes dados servirão de base para construíres um plano para gastos importantes.

Ordena e classifica

Num papel, ou numa folha de calculo, anota as receitas e os gastos por categorias. Faz quatro colunas: uma de ganhos e três de gastos (fixos, variáveis e imprevistos).

Mensal, trimestral, anual

Um plano de gastas deve ser mensal. Mas podes ir mais além e ter uma visão trimestral ou anual, colocando as férias e os extras de cada época (Natal, regresso à escola, etc.). Anota também a forma como pagas, principalmente o que pagas a crédito.

A hora da verdade…

Quando tiveres as duas colunas (ganhos e gastos) concluídas, poderás valorizar exatamente a tua situação real. Com as contas claras, será mais fácil estabeleceres as tuas prioridades pessoais e reduzir os gastos supérfluos e excessivos.

Um controlo semanal

As intensões são fácil de ter, o difícil é cumpri-las. O primeiro passo para conseguir é fazer um controlo semanal: anota todas as semanas todos os gastos que fazes.

Nunca de esqueças de…

Se puderes, guarda mensalmente uma pequena quantidade de dinheiro e destina-o a uma poupança. Abre uma conta poupança à parte e vai colocando lá pequenas quantias.

O teu smartphone ajuda-te a medir os gastos

Aplicações como Moneytracking, Moneybox ou ReadyForZero, facilitam folhas de calculo onde podes anotar os teus gastos no momento.

Assim és, assim gastas…

A forma como administras o teu dinheiro é um reflexo de como és. Analisa qual a tua relação com o dinheiro e em que o gastas.  Esse é o primeiro passo para repensares como deverás poupar.

Toma nota: de quanto preciso para…

Do que ganho, qual a percentagem que devo destinar à hipoteca ou à alimentação? Os expert em economia doméstica aconselham estes valores: dedica cerca de 35% dos ganhos à hipoteca, 15% aos gastos mensais de água, luz, telefone…, 10% a gastos escolares, 15% ao supermercado, 7% ao transporte, 10% para  poupança, 5% a laser e 3% a reparações.
Fonte: El mueble

domingo, 8 de setembro de 2013

Organizar a família: centro de comando



Mantem-te tranquila com as marcações, horários e tudo o eu tens para fazer.

Nesta altura do ano, a escola e as rotinas estão de volta. Uma centro de ``comando’’ ajuda a tua família a manter-se organizada, dentro dos horários e no local certo…. sem stress

Seguem algumas ideias que ajudam neste regresso às aulas:







Imagens: Houzz

Bolo de Chocolate

Este bolo de chocolate é delicioso e muito fácil de fazer. O que está na imagem foi o meu filho de 11 anos que fez, eu apenas ajudei na colocação e retirada do forno.

Este bolo fica muito grande, como tal, o melhor é usar uma forma grande.

Ingredientes:

6 ovos
75gr de chocolate em pó
1 dl de água quente
250gr de farinha
3 colheres de chá de fermento em pó
300gr de açúcar
1 colher de café de sal fino
1 dl de óleo
1 colher de açúcar para as claras

Preparação:

Dissolve o chocolate em pó na água quente e deixa arrefecer.
Numa tigela coloca a farinha, o fermento em pó, e o açúcar, mistura com uma colher de pau, abre uma cavidade no meio e deita aí as gemas, o chocolate dissolvido, o óleo e o sal. Bate com a batedeira até ficar um creme. Entretanto bate as claras em castelo e no final junta-lhe a colher de sopa de açúcar para ligar tudo. Envolve as claras na massa do bolo.
Unta e enfarinha uma forma grande, deita-lhe o preparado e leva ao forno pré aquecido a 180º durante uma hora. Não abras a porta do forno na primeira meia hora para o bolo não abater.

  

COMO LIMPAR O SOFÁ

   O sofá devido ao uso, facilmente fica com zonas sujas e com mau aspeto, mas podes limpá-lo facilmente sem recorrer a serviços profissio...