sábado, 17 de agosto de 2013

5 truques para uns pés saudáveis

1. Lava os pés diariamente e seca-os, limpando-os bem entre os dedos, para prevenir a instalação de fungos. De seguida, aplica um creme hidratante (espalha bem até a pele absorver completamente).

2. À noite, volta a aplicar creme hidratante com uma breve massagem. Uma vez por semana, faz uma esfoliação, aplica creme e calça umas meias de algodão, que deverás usar toda a noite.

3. Não uses intensivamente a pedra-pomes para eliminar calosidades. O excesso de fricção estimula o seu reaparecimento. É preferivel usá-la apenas numa esfoliação suave.

4. Corta as unhas em ângulo reto, sem arredondar os cantos, para evitar que encravem.

5. Para melhorar a circulação sanguínea, sempre que puderes, descansa com os pés ao alto. Mesmo quando estiveres sentada, mexe, com frequência, os dedos dos pés.

Fonte: Revista Saber Viver.

Jeans - atenção aos pormenores

Clássicos e intemporais.os jeans são a peça que nunca sai de moda. Mas atenção aos pormenores.

Cintura subida
Ideal para esconder a barriga e alongar as pernas. Quanto mais alta a cintura, mais longas as pernas parcerão. Contudo, se tiveres o quadril largo, este modelo não é o mais indicado, pois evidencia-o.

Cintura descida
Este modelo é o ''melhor amigo'' das mulheres baixas porque faz o tronco parecer mais alongado. Requer cuidado na escolha da parte de cima, para não mostrar a barriga, uma perrogativa exclusiva das adolescentes.

Com aplicações
As calças com aplicações favorecem em particular as mulheres com poucas curvas e que desejem ''aumentá-las''. As aplicações criam a sensação de existir mais volume na zona onde estão aplicadas.

Bolsos traseiros
Criam um efeito visual proporcionalmente inverso ao seu tamanho, portanto, quanto menores forem, maior o rabo parcerá. Se tens o quadril largo, opta por calças com bolsos traseiros grandes para disfarçar o volume dessa zona, evita os modelos sem bolsos.

Boca de sino
Recomenda-se apenas a algumas mulheres: aquelas que têm pernas muito compidas e que podem dar-se ao luxo de as encurtar visualmente. Este tipo de calças não só achata a silhueta como ressalta o quadril. 

Fonte: revista Saber Viver

domingo, 11 de agosto de 2013

Gaspacho


Esta é um das minhas sopas de verão preferidas, é fresca, saborosa e muito bonita.

Ingredientes:
4 tomates médios
1/2 pimento verde
1/2 pimento vermelho
1/2 pepino
1 dente de alho
5 colheres de sopa de azeite
3 cplheres de sopa de vinagre
1 colher de sopa de oregãos
sal q.b.
3 decilitros de água

Preparação:
Junta os tomates cortados aos cubos e e sem sementes aos restantes ingredientes. Tritura tudo com a varinha mágica e leva ao frigorifico.
Quando estiver fresco está pronto a servir. Coloca na mesa uma tijela com pepino e pimentos cortados aos quadradinhos. Noutra tijela umas tostinhas. É delicioso e refrescante.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Cozinhas pequenas…com ideias








Mesmo com poucos metros, podes disfrutar de uma cozinha prática e completa. Aqui tens 15 ideias que te ajudarão a consegui-la.

1.     Planifica a distribuição
Para aproveitar bem o espaço, é importante acertar na distribuição. A disposição em forma de L é ideal para plantas quadradas ou retangulares, em forma de U tornas mais curta a distancia entre as distintas zonas e em linha é a forma ideal para cozinhas estreitas. Em função dos metros disponíveis e da forma da planta poderás instalar mais ou menos elementos.

2.     Calcula os armários
É importante que calcules bem o número de armários que precisas. Como mínimo, para uma cozinha que vá ser usada por uma família de quatro pessoas, necessitas de cinco metros lineares distribuídos em módulos altos e baixos. Se precisas de mais espaço, podes ampliar os armários até ao teto ou instalar armários em coluna.

3.     Equipa bem os interiores
Para tirares o máximo partido dos armários e aumentar a sua capacidade, é importante que estejam bem equipados no seu interior. As possibilidades são muitas e variadas: prateleiras giratórias, cestos extraíveis que permitem ter tudo à vista, contentores, arrumação de talheres…Todos estes acessórios tornarão mais fácil o acesso ao que precisas.

4.     Ganha uma despensa
Sempre que possível vale a pena reservar um espaço para a despensa. Se tens uma parede livre, podes criar uma frente de armários do solo ao teto para este fim. Se não tens, podes optar por um móvel coluna, por uma vitrina, ou por equipar as caixas ou gavetas um modulo baixo com acessórios que o convertam num armário despenseiro.

5.     Aproveita os orifícios
Os intervalos entre colunas podem aproveitar-se para instalares um móvel auxiliar ou até criar um móvel à medida. Esses cantos podem converter-se em despenseiros ou armários para produtos de limpeza.

6.     Inclui uma pequena ilha
Se tens a sorte de teres um espaço central livre, uma ilha é algo muito prático. Não necessita de ocupar muitos metros, mas ganhas uma superfície de trabalho adicional que permite o uso da cozinha por  duas pessoas de cada vez.

7.     Aposta numa península
Uma península pode cumprir várias funções e ao aproveitar a parede, ocupa menos espaço que uma ilha. Para além de ganhares uma zona de trabalho adicional, na península podes instalar uma zona de cozinhar, ou de lavar, Também podes converter uma península numa barra e assim ganhar uma zona para pequenos almoços.

8.     Incorpora armários de canto
Os armários de canto são um excelente recurso para tirar partido de um espaço que, em muitas ocasiões, está inutilizado. Para otimizar o espaço interior deste de armários podem equipar-se com prateleiras extraíveis, cestos giratórios ou portas retráteis que permitem aproveitar toda a profundidade do modulo.

9.     Coloca gavetas nos rodapés
Uma maneira de ganhar um espaço extra de armazenagem na cozinha, sem perder metros uteis, é aproveitar os rodapés que estão debaixo dos armários e ganhar umas práticas gavetas. Nelas podes guardar os utensílios que usas menos, alguns utensílios de limpeza, etc.

10.                       Opta pelos encastráveis
Uma cozinha ordenada e organizada parece mais ampla e confortável. Para que o consigas, existem eletrodomésticos que podes encastrar nos móveis. Reserva também um armário para colocares os pequenos domésticos, para que não fiquem à vista nem ocupem a bancada de trabalho.

11.                       Tira partido da parede entre armários.
A parede que se encontra entre a bancada e os armários superiores pode ser usada como espaço de organização. Existem várias soluções para aproveitar este espaço na cozinha. Podes instalar um armário de pouca profundidade, umas prateleiras ou uma barra de aço que é excelente para pendurar alguns utensílios de uso frequente.

12.                       Instala uma barra
Se não dispões de espaço suficiente para instalar uma zona de refeições, uma boa alternativa é um balcão suspenso numa das paredes livres e adicionar uns banquinhos. Assim, ganhas um espaço para o pequeno almoço que até podes usar com uma bancada adicional.

13.                       Coloca superfícies extraíveis
Outra boa solução para conseguir uma pequena zona de refeições, sem perder metros uteis, é ocultar uma superfície extraível que sirva de mesa. Também se pode integrar no mobiliário uma tábua de passar extraível que se mantem oculta e não ocupa espaço se não estiver a ser usada.

14.                       Coloca prateleiras no exaustor
O exaustor para além de eliminar vapores e cheiros enquanto se cozinha, pode ter outras funções. Alguns modelos incorporam prateleiras de ambos os lados o que é bastante prático para ter à mão frascos de especiarias, livros de cozinha, ou outros utensílios.

15.                        Atenção aos acessórios
Os acessórios são muito importantes para aproveitar o espaço da cozinha: desde uma barra para pendurar os acessórios para cozinhar, até um balde com diferentes divisórias para reciclagem de resíduos. Prateleiras nas paredes também podem aumentar o espaço de armazenagem.

Fonte: El Mueble

COMO LIMPAR O SOFÁ

   O sofá devido ao uso, facilmente fica com zonas sujas e com mau aspeto, mas podes limpá-lo facilmente sem recorrer a serviços profissio...