quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Folhadinhos de marmelada



Mais uma receita fácil e económica que faz as delícias das visitas e residentes desta casa!!!

Ingredientes:
Massa folhada de compra
Marmelada
1 ovo batido
Açúcar

Preparação:
Liga o forno a 200ºC. 
Corta cubinhos de marmelada. Estende a massa folhada até ficar com uma espessura fina. Coloca os cubos de marmelada em cima da massa e dobra ao meio de modo a cobrir. Pressiona bem a massa à volta da marmelada e corta em forma de rissol.
Coloca num tabuleiro coberto com papel vegetal. Pincela com o ovo batido e deita açúcar por cima de cada um. Leva ao forno cerca de 20 minutos. 
Podes servir morno ou frio.

Bom apetite.


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Dica da semana: Peru mais suculento e saboroso



Para que o peru do Natal não fique seco depois de assado prepara com antecedência uma marinada.
Coloca o peru num recipiente alto (pode ser um balde bem limpo). Cobre o peru com água temperada com sal, 2 laranjas cortadas às rodelas, dois limões cortados às rodelas, vinho branco, cravinho, pimenta e ervas aromáticas. Deixa marinar por 48 horas.
Esta técnica não falha. 

(Não aproveites esta marinada para cozinhar o peru, serve apenas para que fique suculento e muito mais saboroso).

Fotos: Pinterest

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Dica da semana: Guardar alhos


Descasca os dentes de alho em quantidade e coloca-os num frasco. Verte azeite até ficarem cobertos e fecha bem. Assim, tens sempre alhos frescos prontos a usar. Podes ainda usar o azeite pois fica aromatizado.

Fotos: Pinterest

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Estudo: 3 dica para um estudante organizado


Nunca é tarde de mais para incutir novos hábitos de organização para estudar. Tirar notas é um dos métodos mais usados para estudar e acreditem, pode ser melhorado!

Seguem 3 dicas para que ensines o teu filho a estudar. Garanto que assim o estudo rende mais com menos trabalho

O professor pergunta, o aluno escreve
É importante tirar notas de tudo o que o professor escreve no quadro. Mas mais importante ainda é anotar todas as questões feitas pelo professor. Aqui está o segredo, se o professor pergunta é porque é de facto importante para a matéria.



Estudar por cores
Funciona com trabalhos de casa, trabalhos de grupo ou para estudar para um teste.
Cada trabalho realizado tem um tema principal. Sublinha o titulo desse trabalho com uma cor. Na pesquisa de  matéria para esse trabalho coloca post-its dessa mesma cor nas paginas dos livros ou nas fotocópias que estás a analisar. Para os testes o método é o mesmo, cada matéria deve ter uma cor distinta.
Depois é só compilar o que tem a mesma cor e é fácil organizar todo o trabalho ou estudo, sem teres que andar para a frente e para trás nos livros e cadernos de apontamentos.


Fichas e matérias: sempre ligadas
Por vezes nas aulas os professores distribuem fichas de trabalho. Os próprios manuais escolares trazem manuais de apoio com exercícios para fazer. Usa o mesmo método das cores para saberes que ficha do professor e exercícios do livro de apoio correspondem à matéria dada em aula.
Assim podes ligar tudo com uma só cor, usando um post it  da mesma cor na ficha do professor, no livro, no livro de apoio e nos apontamentos. Quando fores estudar torna-se tudo muito mais fácil.
Fotos Pinterest

sábado, 27 de setembro de 2014

Dica da semana: Cheiro a fritos, nem pensar


Se queres que a tua casa não cheire a fritos sempre que fizeres uma bela refeição, coloca ao lume uma panela com água e dois paus de canela e deixa ferver. Leva a panela a dar uma ''voltinha'' pela casa soltando o seu vapor e...já não cheira a fritos!


domingo, 21 de setembro de 2014

Organiza os teus sapatos


Sapatos de saltos alto,  de cunha, sabrinas, botas, sandálias… empilhados numa verdadeira desarrumação. Assume o controlo do teu calçado criando um sistema de arrumação simples usando alguns truques inteligentes de arrumação.


Primeiro precisas de saber o que é para continuar no armário. Para te ajudar seguem três questões fundamentais:

Quantos pares preciso de guardar? Não tens que dizimar a tua coleção de sapatos, mas convém que saibas exatamente quantos sapatos cabem de forma ordenada no teu armário. Caso o espaço não seja suficiente, tens que responder à próxima questão.
Que sapatos são mais importantes? ‘’Importantes’’ quer dizer os teus favoritos ou aqueles que mais usas. Divide os teus sapatos em duas pilhas: os ‘’importantes’’ e os ‘’outros’’ (que podem ser guardados noutro local).
São os sapatos para todas as estações? Precisas mesmo de acesso às tuas botas de pele durante o verão? Se não separares os sapatos por estações apenas estás a criar mais entropia. Sugiro que separes os sapatos por temporadas fazendo a devida alteração no outono e na primavera.

Sapatos fora do chão
O chão não é local apropriado para guardar sapatos, normalmente tendem a ficar cá e a dar uma ar de desarrumação. O desafio é mantê-los sempre fora do chão. Existem no mercado muitos produtos que permitem manter os sapatos arrumados. Organizadores de porta, caixas de plástico, organizadores verticais de suspensão… Sempre que tirares os sapatos coloca-os no seu lugar.
Aproveita os espaços livres no roupeiro
Por baixo da roupa pendurada coloca um sistema de arrumação de sapatos. É fácil de retirar para poderes limpar o roupeiro e aproveitas o espaço existente.

Tudo transparente
Os organizadores de sapatos quer no roupeiro quer os que colocas debaixo da cama devem ser transparentes. Assim, serás capaz de ver tudo e não precisar de fazer uma revolução cada vez que precises de um par muito especial.

Organiza as tuas roupas
Pois é, pode parecer que não tem nada a ver…mas a roupa arrumada ajuda a pensar na verdadeira funcionalidade do teu roupeiro como um todo. O teu sistema de arrumação de sapatos apenas funcionará se todo o teu roupeiro se mantiver arrumado.
 

Para além do armário
Podes arrumar os sapatos fora do roupeiro, mantendo sempre a política dos sapatos fora do chão. Um armário na entrada permite que guardes os sapatos assim que chegares a casa. Não te esqueças que independentemente do local que escolheres para guardares os sapatos, a mudança da estação implica a mudança dos sapatos.


Boas arrumações!

Fotos: Pinterest

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

12 truques fáceis para cozinhares melhor


Como saber se os ovos estão frescos. Que fazer para que os doces fiquem esponjosos mais tempo. Como poupar na cozinha continuando a comer bem.  Toma nota! Estes e outros truques pode safar-te de apuros.

Prepara o teu próprio azeite para temperar
Enche um frasco de vidro com um bom azeite e junta-lhe alecrim fresco (ramos e flores), deixa macerar cerca de 40 dias num local seco e escuro. Uma verdadeira delicia que irá personalizar os teus pratos.
                - Usa-o para temperar saladas, ou apenas para molhar o pão. Também o podes usar para cozinhar carne ou aromatizar massas e pizas.
                - Se juntares uns grãos de pimenta no frasco, darás ao azeite um ligeiro toque picante.

Vegetais e frutas escuros, nem pensar
Para que alguns frutos e vegetais como maçãs, cogumelos, alcachofras e outros não escureçam quando cortados, pulveriza-os com sumo de limão. O limão é imprescindível na tua despensa, para além ter muitas vitaminas, ainda é um excelente antioxidante.

Cebolas: se não queres chorar…gela-as
Uns momentos antes de cortar a cebola, coloca-a no congelador, assim endurecerá um pouco. Ao cortá-la libertará menos liquido e não te fará chorar tanto.
A cebola também deve ser cortada com uma faca bem afiada, o corte é mais limpo e não libertará tanto liquido. Para que a cebola crua não tenha um sabor tão agressivo, deixa-a repousar com um pouco de açúcar.

Maçã para que os bolos durem mais
Para conservar os bolos fofos durante mais dias deves guardá-los com uma mação cortada em pedaços.

Batatas fritas mais estaladiças
Descasca, corta e lava as batatas, seca-as com um pano limpo para eliminar o excesso de água e amido que tenham. Em seguida, coloca-as numa tigela e polvilha-as com um pouco de farinha, agita para distribuíres em a farinha.

Evita que um guisado fique doce
Se não queres juntar mais sal a um guisado, junta à cozedura umas folhas de espinafres e um pedaço de nabo. Deixa cozer 15 minutos e retira-os.

Peixe descongelado mais saboroso
Coloca o peixe a descongelar num recipiente fundo e cobre com leite. Deixa-o umas horas no frigorifico. Verifica se descongelou na totalidade e escorre bem antes de o cozinhares. Vais ver que se torna muito mais saboroso.

Cortadores multiusos
Se tens cortadores de diferentes formas para cortar bolachas, usa-os para cortar fruta e assim decorar as sobremesas caseiras.

Bolos mais fofos
O segredo está em bater muito bem as claras e juntar aos poucos quando todos os ingredientes já estão batidos.
Quando encheres a forma, dá-lhe umas pancadinhas para que as bolhas de ar que tenha subam à superfície.
Deixa o bolo a arrefecer sobre uma rede ou um pano de algodão para que não abata a sua altura.

Morangos com todo o seu aroma
É importante que não retires a rama dos morangos antes de os lavares: perdem o seu perfume e enchem-se de água. Lava-os e escorre-os, só depois deve retirar-lhe a rama.

O segredo para um bom caldo
Escolhe ingredientes de qualidade. Para que o caldo de carne seja mais saudável deves retirar as gorduras da carne e as peles.
Um bom caldo precisa de tempo: prepara-o em fogo lento durante duas horas. Ficará mais concentrado e evaporará menos.
Junta o sal e as ervas no final da cozedura. Usa azeite suave para que o caldo não fique gorduroso.

Cortes de queijo perfeitos
Unta a faca com um pouco de azeite para que o corte do queijo fique perfeito. Assim evitarás que o queijo se pegue e a faca deslizará melhor.

Fonte: el mueble
Fotos: Pinterest

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Dica da semana: Queijinhos lindos


Para um lanche apetitoso e cheio de alegria. Usa a imaginação para criar figuras engraçadas nos queijinhos. As crianças vão adorar!

Foto: Pinterest

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Regresso às aulas: 7 boas dicas




O regresso às aulas em minha casa é uma verdadeira aventura! Sou mãe de dois em idade escolar.
O regresso à rotina implica mudança, organização, compra de material, fardas, preparação de lanches, trabalhos de casa para controlar, roupa preparada…uma azafama infindável de tarefas.

Partilho regras simples para atravessar esta época com mais tranquilidade:

- Começa a introduzir a rotina alguns dias antes: durante as férias os horários são mais relaxados, mas a volta à escola implica acordar e deitar cedo. Começa a impor os horários alguns dias antes, assim toda a família começa a entrar na rotina e no dia primeiro dia de aulas não será tão difícil.

- Organiza o roupeiro das crianças: Seleciona as roupas que servem e estão em condições das restantes. Doa as que estão em condições mas não servem, deita fora o que já não presta. Assim ficas com uma ideia clara do que as crianças precisam. Um roupeiro limpo e arrumado facilita a rotina das manhãs atarefadas.



- Reduz os gastos: a compra de manuais e material escolares implica um gasto de grande impacto nas finanças familiares. Antes de comprar pesquisa, é possível comprar manuais escolares com descontos razoáveis. Também no material escolar não precisas de seguir todas as modas, existem sempre opções a vários preços. Se possível, não leves as crianças às compras.

- Reutiliza material escolar que sobrou do ano anterior e que se encontra em boas condições, mochilas, canetas, lápis de cor…

- Primeiro dia de escola: É importante que os pais acompanhem os filhos neste dia tão importante. É normal que a criança se encontre nervosa (e os pais também!), mostra tranquilidade e nada de fomentar dramas!

- Marca o material escolar: Coloca etiquetas nos livros com o nome e a turma da criança, assim os mais distraídos recuperam com facilidade os livros esquecidos.

- Atividades extra curriculares: É importante que a criança tenha uma atividade, deixa-o escolher a sua preferida. Assim ele faz algo que gosta o só lhe faz bem. Mas muita atenção, não o sobrecarregues de atividades e tarefas, pode tornar-se desmotivante. 

Fotos: Pinterest

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Fim das ferias, de volta ao trabalho


Voltar ao ritmo de trabalho e escola é duro, facilmente os esquecemos nos longos dias de ócio.. mas vai ter mesmo que ser e é melhor aproveitar e desfrutar cada momento. Deves encarar o regresso com pensamento positivo, tudo vai correr bem!

- O conceito de férias pode não terminar exatamente no momento em que voltas ao trabalho. Os dias são grandes e o sol continua quente, aproveita ao máximo os fins de semana e os fins de tarde cheias de sol.

- A rotina escolar das crianças não é necessariamente má, permite-nos organizar melhor os nossos dias.

- O outono é uma estação bonita, a temperatura ainda é quente e as cores são lindas. Excelente época para fazer grandes passeios no parque e até piqueniques de família.

- As férias não são sinonimo apenas de praia, aproveita o fim de semana para uma escapadela. Temos em Portugal uma oferta excelente de turismo rural.


- Aproveita as tardes de outono para preparar um chá e aninha-te confortavelmente no sofá a ver aquele filme especial.

- Organiza um jantar com os amigos, tapas, vinho e fruta é o que basta para gerar um bom ambiente de alegria e conversa.

- Visita museus e exposições, as nossas cidades têm sempre tanto para oferecer. Delicia-te a conhecer um pouco mais da nossa cultura, vais adorar!

- Vai ao cinema com as crianças, é uma boa opção para tarde de chuva, não te esqueças das pipocas, fazem parte do ritual.

Para te sentires melhor

- Dormir 7 a 8 horas. Deita-te cedo, dormir bem melhora a qualidade de vida.

- Organiza o teu tempo. Usa listas, cria planos, impões rotinas. Assim consegues aproveitar o teu tempo ao máximo com maior tranquilidade.

- Tempo para ti: Uma vez por semana tira duas horas para cuidar de ti. Arranja-te, lancha com uma amiga, põe a conversa em dia…aproveita esse tempo da melhor maneira… contigo.

- Caminha: se não gostas de ir ao ginásio ou se é demasiado dispendioso para ti, caminha. Vais sentir-te melhor e basta meia hora por dia.

- Sorri: Tenta ver a parte mais positiva e sorri.

- Casa bonita: põe a tua casa mais bonita. Compra umas almofadas novas, muda um móvel de sítio e renova as fotos das molduras.

- Pede ajuda: pede a uma amiga para ficar com as crianças uma tarde, aproveita para namorar. Os avós adoram desfrutar dos netos, aproveita e encontra-te com os amigos.

- Valoriza o que tens. Na vida tudo passa num instante, aproveita para desfrutares do que tens, da família e dos amigos.


Tens mais sugestões para nos ajudar a regressar à rotina?

Fotos: Pinterest

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Dica da semana: Como limpar vime


Retira o pó com um espanador ou com uma escova suave. De seguida limpa em profundidade com um pano de algodão humedecido e deixa secar.

Foto: Pinterest

sábado, 30 de agosto de 2014

Crostini de tomate e queijo de cabra



Esta é uma entrada de sucesso garantido, nunca falha. 

Ingredientes
Pão baguete
Azeite
Tomate cherrie
Queijo de cabra
Oregãos

Preparação
Corta o pão em fatias e pincela-as com um pouco de azeite. Coloca por cima pedaços de queijo de cabra e tomate cherrie cortado e ligeiramente apertado. Polvilha com folhas de oregãos e rega com uns pingos de azeite.
Leva ao forno até que o queijo derreta.

Está pronto a servir, bom apetite!

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Dica da semana: saber se os ovos são frescos


Para saberes se o ovo está fresco coloca-o num copo com água e sal. Se vai ao fundo é fresco; se fica a meio tem cerca de 10 dias; se flutua é melhor que não o consumas.


segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Segredos para organizar a cozinha


O grande segredo para conseguires manter a cozinha arrumada é: guarda apenas o que realmente precisas.
Ter menos tem grandes vantagens.

É mais fácil ter tudo arrumado e disponível
É mais fácil limpar
É mais higiénico, pois tens menos locais onde a sujidade, a humidade e as bactérias se podem acumular.

Pelo menos uma vez por ano, é boa ideia esvaziares todos os armários e gavetas da cozinha e verificares com atenção cada elemento. As perguntas chave para o Feng Shui são: há quanto tempo não uso? Está em bom estado? Serve-me para cozinhar de forma saudável?

Quando ficares apenas com o essencial, que vais fazer com o que sobra?

Podes vender. Pequenos eletrodomésticos, panelas e todo o tipo de objetos de cozinha podem ser vendidos com alguma facilidade se os colocares a bom preço.
Podes oferecer a amigas que precisem.
Podes doar a quem precisa ou à paróquia perto de tua casa.

E o que estiver em mau estado, o melhor é deitares no lixo.

E agora que ficaste apenas com o essencial tem em mente duas ideias fundamentais:
    Cada coisa  perto do sitio onde a usas.
    O que mais usas, sempre à mão


Cada coisa onde a usas

Espaço de refeições
Se fizeres as refeições na sala, o melhor é teres os pratos, talheres, copos, travessas, e outros num aparador junto à zona de refeições. Assim poupas deslocações à cozinha quando pões a mesa ou quando precisas de alguma coisa. Se a zona de refeições é na cozinha, então o melhor lugar para os pratos e talheres e restantes elementos é junto da mesa.

Despensa
O mais prático é que a despensa (pode ser um armário) esteja perto do frigorífico e também da zona de preparação dos alimentos. Os alimentos têm uma importância enorme na nossa saúde, como tal  deves guarda-los num local limpo e organizado. Nunca guardes no mesmo local alimentos e produtos de limpeza.


Espaço de preparação
O melhor lugar para preparares os alimentos é perto do lava loiça. Os utensílios que usas na sua preparação (tábuas de corte, facas, etc…) convém que estejam todos apenas  num local.

Espaço de elaboração
Este é o lugar certo para guardares por perto as panelas, tachos, utensílios de cozinha e tudo o que necessitas para cozinhar.

O que mais usas sempre à mão…
O inverso também se aplica: o que usas pouco, podes guardar nos sítios menos acessíveis.
Uma panela que usas apenas no Natal, até pode ser guardada fora da cozinha. Torna-se mais prático envolve-la em papel ou num pano limpo, colocá-la numa caixa e guardá-la num armário ou lugar da casa que tenhas destinado a objetos  necessários mas de pouco uso.
Os que usas mais, mas mesmo assim com pouca frequência, podem ser colocadas nos armários menos acessíveis da cozinha – os mais altos e os mais baixos. Uma dica: coloca as peças mais pesadas nos armários de baixo, as mais leves, nos mais altos.
As panelas e utensílios que usas diariamente devem estar bem organizados e muito, muito à mão, isto é, nas gavetas e armários que podes aceder sem necessidade de fazer grandes esforços para lá chegar. Na bancada não deves colocar mais que duas ou três coisas, pois fica facilmente desarrumado e torna-se mais difícil de limpar.

Organizar o frigorifico
O frigorifico merece uma atenção especial. A melhor solução: compra uma boa quantidade de recipientes de vidro (é mais saudável e ecológico que o plástico) de dois ou três tamanhos – pequeno, médio e grande. Não uses sacos de plástico. Este sistema torna-se excelente porque:

Mantem tudo arrumado e organizado visualmente.
Tudo estará à vista, com um só olhar consegues localizar muito facilmente o que procuras
Alimentos com validades curtas devem ser mantidos tapados. Se pretendes guardar peixe ou carne deves colocar uma rede por baixo de forma a que os líquidos que libertam não entrem em contacto com o alimento.

Organizar as gavetas dos utensílios
É normal que as gavetas tenham separadores, algumas já os têm e origem e nem sempre se adaptam às tuas necessidades. Para que tudo fique organizado, vale a pena dedicar umas horas a pensar bem no que tens, no que mais usas e como será mais fácil a sua arrumação.
Revê a posição dos separadores se for possível para que se tornem mais práticos.

Organizar as gavetas ou armário das panelas e tachos
Panelas, woks e tachos devem ser guardados em grandes gavetões. Mas não te esqueças de te desfazeres do que não usas. Um exemplo muito comum é comprares um tacho novo porque o anterior está estragado, no entanto na hora de guardar ficas com o novo e com o velho. Ter uma pilha de tachos em que apenas usas uns poucos é mais habitual do que julgas. O melhor é deitar fora os estragados. Convém comprar sempre artigos de qualidade (panelas e tachos de aço inoxidável, sertãs e Woks de ferro) pois duram mais.

Que parte da tua cozinha de custa mais a por em ordem? Tens outras soluções que possam ajudar as outras leitoras?

Fonte: El Mueble
Fotos: Pinterest

COMO LIMPAR O SOFÁ

   O sofá devido ao uso, facilmente fica com zonas sujas e com mau aspeto, mas podes limpá-lo facilmente sem recorrer a serviços profissio...